Entrar Registrar

Entrar

Pesquisas

O Comparative Candidates Survey (CCS) é um projeto multi-nacional com o objetivo de coletar dados sobre os candidatos às eleições parlamentares nacionais em diferentes países, usando um questionário base comum que permita a comparação entre eles. A coleta de dados compreende survey com os candidatos, bem como informações pertinentes sobre o contexto eleitoral do candidato e o sistema político em geral.

A pesquisa investiga a emergência da presidência institucional na América Latina no contexto da redemocratização recente (1980-2013).

A hipótese principal do estudo é que o tipo de governo (unipartidário ou de coalizão) afeta as mudanças na organização presidencial, sendo este efeito condicional à natureza da agenda presidencial e aos limites constitucionais à mudança do Poder Executivo. Essas mudanças são mais frequentes em governos de coalizão, devido ao formato multipartidário do gabinete.

O projeto encontra-se inserido no debate recente sobre os governos de esquerda na América Latina e tem o seu foco em quatro dos partidos políticos que estiveram à frente deste processo em seus respectivos países: o Partido dos Trabalhadores (PT), o Frente Amplio (FA), e o Partido Socialista Chilena (PSCH).

A pesquisa investiga os impactos da participação dos partidos nas coalizões de governo e da estrutura da Presidência sobre a formação da agenda legislativa do Poder Executivo na esfera ministerial e na arena parlamentar no Brasil entre 1994-2010.

A pesquisa está organizada em dois eixos:

Objetivo: contribuir para a superação da lacuna existente na Ciência Política brasileira sobre o Poder Legislativo nos Estados a partir de um estudo de caso da Assembleia de Minas Gerais.

A escolha da Assembleia Legislativa de Minas Gerais tem três motivações:

O projeto investiga deputados estaduais em doze estados da Federação, com vistas a identificar e analisar:

1)suas trajetórias políticas, abarcando cargos públicos eletivos e não eletivos;

O projeto de pesquisa é parte da linha de investigação sobre Governabilidade e Representação no âmbito Programa de Mobilização da Competência Nacional para Estudos sobre o Desenvolvimento (PROMOB), em seu Subprograma de Pesquisa para o Desenvolvimento Nacional (PNPD), eixo temático Fortalecimento do Estado, das Instituições e da Democracia.

Iniciado em 2005 pelo CEL, a pesquisa está inserida no Projeto Elites Parlamentares na América Latina (PELA), coordenado pelo Instituto Interuniversitario de Estúdios de Iberoamérica, da Universidade de Salamanca.