Entrar Registrar

Entrar

Os primeiros efeitos das regras eleitorais que começaram a vigorar neste ano, diminuindo o dinheiro e o tempo das campanhas, trazem as armadilhas da novidade, afirma o cientista político Bruno Pinheiro Wanderley Reis.

Professor da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), estudioso de sistemas eleitorais e financiamento de campanhas, Reis chamou a atenção nos últimos meses ao alertar para os riscos de que a proibição à doação de empresas –uma das principais mudanças da minirreforma– aumentasse o caixa dois e desse mais peso a atores como o crime organizado.

Confira a íntegra da entrevista acessando o link abaixo

http://www1.folha.uol.com.br/poder/eleicoes-2016/2016/10/1819266-talvez-a-reforma-eleitoral-tenha-exagerado-na-dose-diz-cientista-politico.shtml